Quem aqui estava com dedos cruzados para o Leonardo DiCaprio levar o seu primeiro Oscar como melhor ator? Depois de tantas polêmicas e memes na internet, Leonardo levou a estatueta na noite deste domingo (28) e foi aplaudido de pé grandes nomes do cinema mundial, presentes no Teatro Dolby de Hollywood.

Essa foi a 88ª edição do prêmio e, como todos os anos, sempre tem algo para polemizar. Na edição 2016, o Oscar decidiu apostar em Chris Rock para apresentação. Fazendo um forte discurso sobre os problemas de diversidade na maior indústria cinematográfica do mundo, durante toda a exibição foram trabalhadas brincadeiras com o número de atores negros indicados para a premiação e até mesmo participando de grandes produções.

Foto: Getty Imagens

 

 

“Bom, estou no Oscar da Academia, também conhecido como os prêmios dos brancos”, ironizou, referindo-se à ausência de indicados negros nas principais categorias.

 

 

 

A produção que mais se destacou na noite de ontem foi “Mad Max: Estrada da Fúria”. Foram tantas indicações e conquistas que a nossa equipe já estava entrando no automático com a lista de premiações. Eles conseguiram arrancar seis estatuetas em dez indicações. Das categorias técnicas, só perdeu a de fotografia.

Rolou Brasil

Nosso cinema estava muito bem representado com “O Menino e o Mundo”, uma animação do paulista Alê Abreu. Perdemos para “Divertida Mente”, mas ficou a indicação e a prova que nossas produções não param de crescer.

Mas como nosso assunto é o Leo, vamos agora saber mais sobre o filme em que ele foi protagonista. “O Regresso” obteve 12 indicações e levou estatuetas em – Melhor Fotografia – Melhor Diretor e claro, Melhor Ator (DiCaprio).

O longa fala sobre a relação do homem com a natureza. Disposto a ganhar dinheiro caçando, Hugh Glass, interpretado pelo Leonardo, parte para o Oeste americano para encontrar presas e melhorar sua situação financeira. Atacado por um urso, o Glass fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte por seu parceiro de caça Jonh Fitzgerald, interpretado por (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.

No momento de apresentar os indicados à categoria de melhor ator, o clima foi bastante tenso. O filme ganhou poucas estatuetas e o Leonardo estava concorrendo com nada mais nada menos que: Bryan Cranston (“Trumbo”), Matt Damon (“Perdido em Marte”), Michael Fassbender (“Steve Jobs”) e Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”). Ou seja, verdadeiros monstros do cinema.

Anuncia por Morgan Freeman, DiCaprio levou o Oscar e ainda extrapolou os 45 segundos permitidos pela produção. O cara deixou uma verdadeira mensagem sobre os problemas climáticos que o planeta está vivendo.

 
“É a ameaça mais urgente à nossa espécie, e precisamos trabalhar coletivamente e parar de procrastinar. Precisamos apoiar os líderes do mundo todo que não falam pelos grandes poluidores e grandes corporações, mas que falam por toda a humanidade, pelos povos indígenas do mundo, pelos bilhões e bilhões de pessoas desamparadas que serão as mais afetadas por isso, pelos nossos netos, e por essas pessoas que tiveram suas vozes afogadas pela ganância política”.

Aplaudido de pé, ele ainda não escondeu o orgulho de ter trabalhado com o diretor Alejandro G. Iñárritu.

“Não vou esconder que foi a filmagem mais difícil da minha vida, mas no final teve sua recompensa porque González Iñárritu traduziu esse esforço em uma obra de arte”, finalizou.

 

Confira a lista completa de premiações do Oscar 2016:

 

FILME

“A Grande Aposta”

“Ponte dos Espiões”

“Brooklyn”

“Mad Max: Estrada da Fúria”

“Perdido em Marte”

“O Regresso”

“O Quarto de Jack”

“Spotlight – Segredos Revelados” 

 

DIREÇÃO

Adam McKay, “A Grande Aposta”

George Miller, “Mad Max: Estrada da Fúria”

Alejandro G. Iñarritu, “O Regresso”

Lenny Abrahamson, “O Quarto de Jack”

Tom McCarthy, “Spotlight: Segredos Revelados”

 

ATOR

Bryan Cranston, “Trumbo – Lista Negra”

Leonardo DiCaprio, “O Regresso”

Eddie Redmayne, “A Garota Dinamarquesa”

Michael Fassbender, “Steve Jobs”

Matt Damon, “Perdido em Marte”

 

ATRIZ

Cate Blanchett, “Carol”

Brie Larson, “O Quarto de Jack”

Jennifer Lawrence, “Joy: O Nome do Sucesso”

Charlotte Rampling, “45 Anos”

Saoirse Ronan, “Brooklyn”

 

ATOR COADJUVANTE

Christian Bale, “A Grande Aposta”

Tom Hardy, “O Regresso”

Mark Ruffalo, “Spotlight – Segredos Revelados”

Mark Rylance, “Ponte dos Espiões” 

Sylvester Stallone, “Creed: Nascido Para Lutar”

 

ATRIZ COADJUVANTE

Jennifer Jason Leigh, “Os Oito Odiados”

Rooney Mara, “Carol”

Rachel McAdams, “Spotlight”

Alicia Vikander, “A Garota Dinamarquesa”

Kate Winslet, “Steve Jobs”

 

ROTEIRO ORIGINAL

“Ponte dos Espiões”

“Ex-Machina: Instinto Artificial”

“Divertida Mente”

“Spotlight: Segredos Revelados” 

“Straight Outta Comptom -– A História de N.W.A.”

 

ROTEIRO ADAPTADO

“A Grande Aposta”

“Brooklyn”

“Carol”

“Perdido em Marte”

“O Quarto de Jack”

 

ANIMAÇÃO

“Anomalisa”

“O Menino e o Mundo”

“Divertida Mente” 

“Shaun, o Carneiro”

“As Memórias de Marnie”

 

DOCUMENTÁRIO

“Amy” 

“Cartel Land”

“The Look of Silence”

“O Que Aconteceu, Miss Simone?”

“Winter on Fire”

 

FILME ESTRANGEIRO

“O Abraço da Serpente” (Colômbia)

“Cinco Graças” (França)

“O Filho de Saul” (Hungria)

“Theeb” (Jordânia)

“A War” (Dinamarca)

 

CANÇÃO ORIGINAL

“Earned It”, de “Cinquenta Tons de Cinza” (Abel Tesfaye/Ahmad Balshe/Jason Daheala/Stephan Moccio)

“Manta Ray”, de “A Corrida contra a Extinção” (J. Ralph/Antony Hegarty)

“Simple Song #3”, de “Juventude” (David Lang)

“Til It Happens To You”, de “The Hunting Ground” (Diane Warren/Lady Gaga)

“Writing’s On The Wall”, de “007 contra Spectre” (Jimmy Napes/Sam Smith) 

 

TRILHA SONORA ORIGINAL

“Ponte dos Espiões” (Thomas Newman)

“Carol” (Carter Burwell)

“Os Oito Odiados” (Ennio Morricone) 

“Sicário: Terra de Ninguém” (Jóhann Jóhannsson)

“Star Wars: O Despertar da Força” (John Williams)

 

FOTOGRAFIA

“Carol” (Ed Lachman)

“Os 8 Odiados” (Robert Richardson)

“Mad Max: Estrada da Fúria” (John Seale)

“O Regresso” (Emmanuel Lubezki) 

“Sicário: Terra de Ninguém” (Roger Deakins)

 

MONTAGEM

“A Grande Aposta” (Hank Corwin)

“Mad Max: Estrada da Fúria” (Margaret Sixel) 

“O Regresso” (Stephen Mirrione)

“Spotlight: Segredos Revelados” (Tom McArdle)

“Star Wars: O Despertar da Força” (Maryann Brandon e Mary Jo Markey)

 

FIGURINO

“Carol” – Sandy Powell

“Cinderella” – Sandy Powell

“A Garota Dinamarquesa” – Paco Delgado

“Mad Max: Estrada da Fúria” – Jenny Beavan 

“O Regresso” – Jacqueline West

 

DESIGN DE PRODUÇÃO

“Ponte dos Espiões”

“A Garota Dinamarquesa”

“Mad Max: Estrada da Fúria”

“Perdido em Marte”

“O Regresso”

 

MAQUIAGEM E CABELO

“Mad Max: Estrada da Fúria” (Lesley Vanderwalt, Elka Wardega e Damian Martin) 

“The 100-Year-Old Man Who Climbed out the Window and Disappeared” (Love Larson e Eva von Bahr)

“O Regresso” (Siân Grigg, Duncan Jarman e Robert Pandini)

 

EFEITOS VISUAIS

“Ex Machina” 

“Mad Max: Estrada da Fúria”

“Perdido em Marte”

“O Regresso”

“Star Wars: O Despertar da Força”

 

EDIÇÃO DE SOM

“Mad Max: Estrada da Fúria” 

“Perdido em marte”

“O Regresso”

“Sicário: Terra de Ninguém”

“Star Wars: O Despertar da Força”

 

MIXAGEM DE SOM

“Ponte dos Espiões”

“Mad Max: Estrada da Fúria”

“Perdido em Marte”

“O Regresso”

“Star Wars: O Despertar da Força”

 

CURTA DE ANIMAÇÃO

“Bear Story”

“World of Tomorrow”

“Prologue”

“We Can’t Live Without Cosmos”

“Os Heróis de Sanjay”

 

DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

“Body Team 12”

“Chau, beyond the Lines”

“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”

“A Girl in the River: The Price of Forgiveness” 

“Last Day of Freedom”

 

CURTA-METRAGEM

“Ave Maria”

“Day One”

“Everything Will Be Okay (Alles Wird Gut)”

“Shok”

“Stutterer”